fbpx

MARKETING DIGITAL

FANPAGE OU PÁGINA DE FÃS É UMA PÁGINA ESPECÍFICA DENTRO DO FACEBOOK DIRECIONADA PARA EMPRESAS OU MARCAS.

Hoje, as principais formas de se encontrar um site é pelos sistemas de buscas (Google, Bing e Yahoo) e pelas redes sociais, algum tempo atrás só se ouvia falar no Google, no entanto entre 2010 e 2011 ocorreu um boom do Facebook no Brasil, para se ter uma noção ao final de 2010 o Facebook já possuía 8,8 milhões de usuários e ao final de 2011 passou a ter 35 milhões um crescimento vertiginoso de 298% mas vejam que 78,5 milhões de brasileiros tem acesso a internet de acordo com IBOPE Nielsen Online, isso quer dizer que quase metade deste público possui Facebook.

Com isso, não investir em publicidade nas Redes Sociais é simplesmente se isolar na internet, porém muitas vezes as empresas não sabem por onde começar pois este meio está em evolução constante e criam-se novos termos o tempo todo, tentar ficar atualizado a esta avalanche de informações é muito difícil para empresas que não são da área de marketing digital/publicidade/tecnologia. Por isso, a Aldabra, resolveu dar o caminho das pedras para você que quer entender um pouco mais de Facebook. Vamos lá!

O que é uma fanpage?

Fanpage ou Página de fãs é uma página específica dentro do Facebook direcionada para empresas, marcas ou produtos, associações, sindicatos, autônomos, ou seja, qualquer organização com ou sem fins lucrativos que desejem interagir com os seus clientes no Facebook.

Mas provavelmente você possui um perfil no Facebook e deve está se perguntando porque não criar um perfil para a sua empresa? Simples, pois o regulamento do Facebook veda a utilização de perfis para marcas em geral e inclusive existe um limite de 5.000 amigos por perfil, o que muitas vezes para empresas pode ser muito pouco. Outro recurso que também não está disponível para os perfis são as ferramentas de estatísticas e diversos aplicativos que podem ser instalados na Fanpage como por exemplo enquetes, discussão de assuntos e a possibilidade de criar aplicativos customizados, como uma página de apresentação da empresa.

Os relatórios de estatísticas são importantíssimos para análise das campanhas realizadas e avaliação de como os posts estão sendo visualizados e compartilhados pelos fãs e a taxa de destruição viral do comentário.

Já os aplicativos permitem a criação de qualquer tipo de interação com o seu público alvo dando muito mais força as suas campanhas nas redes sociais.

Mas cuidado algumas empresas estão trocando os seus sites na internet por uma fanpage, no entanto, a nosso ver, a sua empresa perderia muito em acesso, principalmente, os relacionados aos sistemas de buscas (Google, Bing e Yahoo), tendo em vista que o conteúdo do facebook não é muito bem indexado por estes sistemas.

Conteúdo

É muito importante que a empresa dê muito foco ao conteúdo que será distribuído nas redes sociais, faça um resumo da apresentação de sua empresa de uma forma bem formatada e objetiva facilitando a sua leitura e direcionando o seu público-alvo a tomar uma determinada ação, por exemplo, curtir a sua Fanpage.

A fanpage possibilita a utilização de diversos aplicativos já oferecidos pelo próprio Facebook, como enquetes, discussões sobre determinados temas, galeria de fotos e vídeos, além de permitir a criação de aplicativos próprios para a interação com os seus fãs, utilize-os da melhor forma possível sempre com o foco no cliente.

Uma dica importante, quando um fã resolve curtir a fanpage este passa a receber todos os assuntos postados no mural da sua empresa aumentando assim a chance de propagação viral de um determinado assunto.

O Instagram é uma maneira simples de capturar e compartilhar momentos do mundo. Siga seus amigos e familiares para ver o que eles estão fazendo e descubra contas do mundo inteiro que estão compartilhando coisas que você aprecia. Junte-se à comunidade de mais de 400 milhões de pessoas e se expresse compartilhando fotos e vídeos do seu dia — seja sua rotina da manhã ou a viagem da sua vida.

Use o Instagram para:

• Edite e compartilhe fotos com filtros e ferramentas criativas para alterar o brilho, contraste e saturação, bem como sombras, realces, perspectiva e muito mais.
• Dê um toque cinematográfico aos seus vídeos com filtros, estabilização personalizada e ferramentas para combinar vários clipes em um único vídeo.
• Descubra fotos e vídeos dos quais você pode gostar e siga novas contas na guia Explorar.
• Envie mensagens privadas, fotos, vídeos e publicações do seu feed diretamente para seus amigos com o Instagram Direct.
• Compartilhe fotos e vídeos instantaneamente no Facebook, Twitter, Tumblr e outras redes sociais.
• Use o recurso Handoff para alternar entre o Apple Watch e seu iPhone.

COMO USAR O INSTAGRAM PARA ALAVANCAR SEUS NEGÓCIOS

Uma imagem vale mais que mil palavras… Deve ser por isso que o Instagram é a rede social do momento. Em outubro de 2014, o aplicativo completou 4 anos e, desde de seu lançamento, os números não param de surpreender.

Criado pelo brasileiro Mike Krieger e o americano Kevin Systrom, a rede social de fotos estreou na App Store, em 2010 e, no mesmo dia, tornou-se o aplicativo mais baixado, chegando a 1 milhão de usuários em dezembro do mesmo ano.

Em 2012, uma semana após lançar uma versão do app para Android, o Facebook comprou o Instagram por US$ 1 bilhão. Dois anos após a compra, a base de usuários cresceu nada menos que 6 vezes!
Hoje, a rede social tem cerca de 300 milhões de usuários ativos e se tornou popular especialmente pela criatividade das pessoas, famosas ou anônimas, que compartilham sua rotina de diversos ângulos.

Mas e as empresas? Será que estão usando a plataforma para se aproximar do seu público?
Pensando na importância do assunto, o Viver de Blog produziu um super infográfico com tudo que você precisa saber para fazer seu negócio bombar no Instagram: ranking de filtros, hashtags populares, regra do engajamento, melhores app e muito mais!
Tudo sobre como usar o Instagram para alavancar seu negócio. Com direito à dica extra no final.
Mas antes disso, preciso dizer que:

• Toda rede social tem suas estações: primavera (início), verão (auge), outono (declínio) e inverno (fim), vide o saudoso orkut;
• O Instagram está no auge, mas como qualquer plataforma, deve ser usado de maneira complementar à sua estratégia de marketing de conteúdo;
• Use-o para gerar tráfego para o seu site, território onde você dita as regras do jogo.

Google AdWords

1. O Google AdWords é o sistema de Links Patrocinados mais conhecido e difundido na internet, pela obviedade de seu site hospedeiro ser o número 1 em acessos na rede mundial. Entretanto, seu sucesso não se baseia exclusivamente neste vínculo. Desde o seu surgimento, os Links Patrocinados do Google AdWords passaram por inúmeras melhorias, relacionadas principalmente com seu motor interno, no intento de tornar as buscas mais segmentadas. Este aperfeiçoamento proporciona ao anunciante maior vantagem competitiva, uma vez que o sistema identifica e relaciona a busca do internauta por palavra-chave, perfil e localização geográfica. Vantagem também para os usuários, que obtêm respostas mais precisas, poupando-lhes tempo. Este tipo de experiência positiva é um motor impulsor do Google AdWords.

Redes sociais ainda mais ativas

As redes sociais já fazem parte do dia a dia do brasileiro e a tendência é que se tornem cada mais presentes em 2017 em função da expansão da base de dispositivos móveis no país. No caso do Facebook, mais de 70% dos acessos no Brasil são feitos através de smartphones ou tablets.
Também no comércio eletrônico devemos observar um uso cada vez maior das mídias sociais com uma integração cada vez maior às plataformas de e-commerce.

O marketing nas mídias sociais já é uma realidade no comércio eletrônico e ao longo de 2017 a perspectiva é que se torne cada vez mais sofisticado, tendo o Facebook Marketing como destaque no Brasil.

Tendências do marketing digital em 2017

O próximo ano promete muito em termos de marketing online e as tendências do marketing digital em 2017 já podem ser vislumbradas claramente.

O Brasil, apesar dos problemas causados pela crise econômica, passa por um momento bastante interessante nesta área, com cada vez mais empresas buscando na Internet um canal para geração de vendas e leads.

O crescimento do número de usuário da Internet no Brasil, e mais recentemente o crescimento dos acessos através de dispositivos móveis, coloca o marketing digital como uma imposição para empresas de todos os tamanhos, principalmente diante da necessidade de gerar novos negócios e buscar novas oportunidades.

Uma das tendências do marketing digital em 2017 que nos parece mais forte, em termos de participação setorial é o aumento significativo da presença de pequenas e médias empresas no mercado online, até mesmo como forma de superar as dificuldades impostas pela crise econômica.

Principais tendências do marketing digital em 2017

Com base no que temos visto até agora no Brasil e também em palestras e seminários dos quais tivemos oportunidade de participar no exterior durante este ano, como parte do processo de atualização de nossa equipe, enumeramos algumas das principais tendências do marketing digital no Brasil em 2017.

Marketing de conteúdo mais uma vez em alta em 2017

O marketing de conteúdo foi um dos grandes destaques deste ano e em 2017 essa tendência será a de um destaque ainda maior.

Uma das principais maneiras para as marcas estabelecerem sua autoridade e ganharem a confiança dos consumidores é a criação de conteúdo que agregue valor e informação ao dia a dia das pessoas.
Isso geralmente envolve informações relevantes sobre o mercado que esclarecem ou entretêm o público.

O Inbound Marketing permite que uma empresa construa progressivamente um relacionamento com seu público-alvo e dessa forma conquiste a confiança e preferência das pessoas.

O marketing de conteúdo desponta como uma das grandes tendências do marketing digital em 2017 e deve se destacar em blogs e outras mídias sociais.

Outro motivo para apostarmos fortemente no marketing de conteúdo como uma das principais tendências do marketing digital em 2017 é o custo deste tipo de estratégia. Em tempos de mídias pagar cada vez mais caras, com os preços do AdWords indo as nuvens e Facebook Ads idem, as táticas de Inbound Marketing custam 60% menos que as ações do marketing convencional.

Em tempos difíceis como os que estaremos vivendo no Brasil em 2017, esse é o argumento final, mas para reforça-lo ainda temos o argumento da elevada taxa de conversão desse tipo de ação.

Estratégias de remarketing cada vez mais eficientes

O uso cada vez maior de estratégias de remarketing ou retargeting, como também são conhecidas, será certamente um dos destaques em termos de tendências do marketing online em 2017.

SEO – Técnicas cada vez mais sofisticadas

Não há mais dúvida que as menções em redes sociais exercem um forte impacto sobre o trabalho de SEO , conforme já foi admitido pelo próprio Google, e essa é uma das tendências do marketing digital em 2017 que deve ficar ainda mais evidente.

Muito embora, prever quais serão as modificações futuras dos algoritmos dos principais buscadores como o Google, seja difícil, é bastante provável que as ações em mídias sociais venham a se igualar ou até mesmo superar em termos de importância, nas estratégias de link building.

Outro ponto que merece destaque entre as tendências do marketing digital em 2017 é o SEO local. Com o aumento do tráfego através de dispositivos móveis, esse segmento do processo de otimização de sites para ferramentas de busca deve ganhar ainda mais relevância.

Links Patrocinados – Mais um round na luta Google x Facebook

Outra tendência forte para o marketing digital em 2017 é um acirramento da luta entre o Google e o Facebook na área dos links patrocinados. O AdWords tem perdido muito espaço para os Facebook Ads. A reposta tem sido recursos cada vez mais sofisticados no Google AdWords e um poder de segmentação cada vez maior.

Outra tendência, esta específica aqui do Brasil, é uma pequena redução no custo de veiculação desses anúncios, principalmente no Google AdWords, já que a procura por esse tipo de publicidade online, sofreu um grande impacto em função da crise, e como o sistema funciona na forma de leilão, a competição ficou ligeiramente menor.